INSPIRAÇÕES DO POETA

19 de mar de 2007

Ponto G

Depois que inventaram esse negócio de ponto G, homens e mulheres saíram determinadíssimos a caça: - vamos encontrá-lo! esteja onde estiver. No que se refere ao prazer achei ótimo, pois só assim, tanto os machos quanto as fêmeas descobriram, ou melhor, redescobriram o sexo com muito mais prazer.
O certo é que, com a revolução sexual, muitos mitos foram aparecendo e outros sendo eliminados. A mulher começou a ter mais entendimento do seu próprio corpo, do potencial de prazer contido a cada milímetro de sua pele. Caiu a ficha! Depois de tanta opressão, elas resolveram botar o bloco na rua e serem felizes, apesar dos machões de plantão.
Aprenderam a gozar e naturalmente, a cobrar de seus parceiros um comportamento mais generoso e bem menos dominante. Promoveram discursos, passeatas, associações, sociedades, literaturas, tudo em prol do prazer feminino.
Para desespero total dos homens, como se não bastasse à descoberta do anticoncepcional e a legitimidade do prazer, um médico alemão aparece dizendo que existe um lugar, dentro da vagina, que pode proporcionar orgasmos intensos, multiplérrimos e até ejaculação vaginal.
Foi aí, que a população feminina, sexualmente ativa, entrou definitivamente na guerra. A cada dia uma batalha exaustiva, mas compensadora. Afinal, quem não quer morrer (viver) de prazer!
O fato é que, os homens sentiram-se ameaçados e por baixo (atenção, não estou falando de sexo ou estou?). Sendo uma raça competitiva, como nenhuma outra, rapidamente partiram pra luta.
Transformaram-se em caçadores do ponto G. Pareciam crianças brincando de pic-esconde. Um procura dali e daqui, sem fim! Uns estão procurando até hoje. Outros, que se intitulam mais espertinhos acharam de prima e ainda há os super-heróis, que sabem tudo de ponto G.
Nossos amados homens perceberam a necessidade premente de inverterem seus retrógrados valores. Saíram de suas posições superiores e adotaram um perfil mais dual, companheiro e nada ditador.

Juntos, homens e mulheres caminharam em direção ao fim do arco-íris e finalmente encontraram o pote. Não tinha nenhum ponto G, mas em compensação... sexo da melhor qualidade.

Um comentário:

Jorge disse...

Ira, delícia seus textos, amei! Vc é linda e obrigado por todo o carinho com meu trabalho viu!
bjs e bjs pra vc, sempre!
Jorge Guilherme