INSPIRAÇÕES DO POETA

29 de ago de 2009

Infância




Ainda somos adultos, mas prometo!
Que quando a gente crescer e virar criança,
Nenhuma palavra substituirá nosso olhar.
Seremos silêncio que fala e alcança.

Correremos pelo quintal de nossos corações,
Como bons anfitriões da vida.
Vestidos de sol e bebendo chuva,
Na tarde lúdica e aguerrida.

Nenhum temor de sombra haverá,
Quando minha mão tocar a tua,
Leve e aceitar a dança infinda.
Face a face, na pele macia e nua.

Ouviremos apenas murmúrios,
De nossas bocas divertidas.
Nas línguas, o gosto de nós,
Depois, outras investidas.

Outras brincadeiras, mais risos.
Brincar é coisa séria e apraz,
Quando se guarda no peito, anjos,
Que tingem o tempo de paz.

Nos dias que seguirão azuis,
Onde há sonho e sonhador.
Deitaremos na mais verdinha grama
E nasceremos flor.


8 comentários:

Alexandre Vidal disse...

UMA IMAGEM VALE MAIS DO QUE MIL PALAVRAS

Rosemildo Sales Furtado disse...

Ouviremos apenas murmúrios,
de nossas bocas divertidas.
nas línguas, o gosto de nós,
Depois, outras investidas.

Lindo! Muito profundo.

Beijos,

Furtado.

Mateus Luciano disse...

como você escreve bem ,gostei brinca com as palavras ,no começo do poemaeu nem percebi mas estava lendo de tras para frente
ainda somos adultos,mas prometo
que quando a gente crescer e virar criança,
muito bom mesmo ,emocionante mesmo para olhos que leem entrelinhas

Úrsula Avner disse...

Que encanto de poema Ira , sua escrita poética é versátil, reflexiva e bem cuidada. Gosto muito de visitar seu espaço poético. Amei a idéia de crescer e ser criança. Bj.

Mateus Luciano disse...

sabe ,eu tb achei que nos formamos na mesma escola ,também havia achado parecido as nossas escritas e eu pergunto você acha bom isso eu adorei.... quero descobrir mais ...

Paulo Tamburro disse...

Depois de adulto virar criança é o sonho de todos nós.

Crianças brincam na relva, adultos a detroem.

Crianças jogam barquinhos de papel no lago adultos o poluem.

Crianças contam estrelas , adultos querem conquistá-las.

Ser adulto para que serve, a não ser ficar torcendo para voltar a a ser criança?

Linda poesia!

Rocha disse...

Olá!
Gostei do seu blog show, not°10 desejo muito sucesso e tudo de bom
Um grande abraço
http://maximumforma.blogspot.com/

sueli aduan disse...

...onde há sonho e sonhador.
que belo poema!
lindo, lindo, lindo.Amei!


PS. saudade de sua participação no Tempus.
ABS