INSPIRAÇÕES DO POETA

5 de set de 2009

Amor de Fato




Nada explica o acontecimento do amor, sua chegada imperceptível,
Onde os sinais são tênues e perturbadores.
Há uma consonância física e emocional da intuição, que escancara portas e janelas,
Simplesmente, por reconhecer a necessidade solar ( do amor ).
O calor aquece a alma, e ela, alma cresce, se esparrama, não cabe em si de contentamento.
Eis que o amor atravessa a soleira, como um cão atrás do dono e deita os olhos de aceitação, pois é inevitável.
Indizível a origem desse sentimento. Amor é amor. É fato!
Nasce em qualquer chão, em qualquer tempo.
Exime idade, aparência, distância, cor, religião e não adianta manobras na tentativa de se defender. É guerra vencida! É mais, que paz adquirida.
É a sensação mais decente que alguém pode provocar no outro.
Vamos combinar que, no fundo, todo mundo quer mesmo é ser invadido, arrebatado. Ter sua essência desnudada e investigada. Temos a necessidade de sermos aceitos, de vermos nossos defeitos minimizados, em nome da gentileza do olhar amante. E nada é mais generoso, do que olhos apaixonados.
O amor nos enxerga mais colorido. Atenua o cinza de nossas neuroses e frustrações. Traja-nos de compaixão, pois percebemos nossa fragilidade diante da possibilidade do fim.
O amor nos da à simplicidade dos bichos!
Encantamos-nos com os pequenos detalhes, com um silêncio significante, com a mão que sobrepõe suavemente a nossa, com um bilhete em que diz: “eu te amo“, com o som “daquela“ voz ao telefone, com o zelo ao bem adormecido.
Não tem medo de arriscar, de ser ridículo, de esperar (sabendo que é difícil), de andar quilômetros por um gesto de afeto, de ser o que é, e basta!
Ao meu amor digo: Não desista! Ainda vamos nos alcançar.

3 comentários:

Rosemildo Sales Furtado disse...

Olá amiga! Eu acho que o amor é como um vírus que invade sem a gente esperar, de surpresa. Só que é um vírus, que ao contrário dos demais, é benéfico, faz bem para a saúde de um modo geral. Resumindo: o amor é lindo e extraordinariamente gostoso.

Beijos e um ótimo domingo.

Furtado.

sueli aduan disse...

..."Nasce em qualquer chão, em qualquer tempo..."

texto/poético/direto , mas sem perde a delicadeza tão necessária a poesia.

é sempre uma emoção ler o que escreve, parabéns querida.

Mateus Luciano disse...

l'amor se plaît


me sinto bem....