INSPIRAÇÕES DO POETA

22 de mar de 2010

Intimidade




Lá fora, depois da janela, a paisagem bucólica dança ao som do blues que toca aqui dentro, onde ele, o mais doce imperador mora e gosta.
Todos os movimentos desse lugar são compreendidos por meus olhos, de felicidade e do amor crescido de cúmplices segredos, não há perguntas nem respostas.
No bougainville, algumas flores partiram com a chegada do outono, mas, ainda há o amor que enche a casa de intimidades.
Eu, que ando nua em seu palácio, me calo de silêncios prolixos e apenas sigo seus passos, por qualquer rota, no tempo das certezas e vontades.
Esse garoto, que faz meus miúdos desejos e que amo forte e pra sempre, de manhã quer vadiar em minhas pernas. Diz: “Que diabo, elas são minhas! E muito mais, e tudo”.
Eu deixo e, nossas duas bocas canibais não cansam do banquete, só querem. Bem me quer? Mal me quer? Quereres? Quer demais e, sobretudo!
Cheiro o ar noturno e o nosso amor siamês, como se fora um aspirador de pó sugando ínfimas e invisíveis partículas ou partes à vista, que é pra não deixar dúvidas.
Como diz: Um homem precisa de uma fêmea cravada na carne, assim, quando pensamentos o dispersem, a dor da delícia o traz de volta e sem saída.
Dia após dia conversamos e ficamos íntimos, amigos que se amam no eterno e remoçam-se na festa do corpo em gozo e poesia.
Não sei, mas é engraçado saber esses momentos, como já vividos, como uma leitura antiga, agora divulgada, mas não há indícios! Só uma intuição de alegria.
O homem quer a mulher e sua pupila dilata. Lá esta ela, a imagem pronta pra convocar o amor inédito. Ele sonha: Ah, minha paz!
A mulher quer o homem e sua alma derrama um ser, maior que ela mesma, com o peso do mistério. Ela sabe. Ah, ela faz!

8 comentários:

Rosemildo Sales Furtado disse...

Um homem precisa de uma fêmea cravada na carne, assim, quando pensamentos o dispersem, a dor da delícia o traz de volta e sem saída.

...Assim como a mulher precisa de um macho com o mesmo objetivo, pois na recíproca, há equivalência.

Perdoe-me pela baboseira.

Belo texto. Parabéns!

Beijos e ótima semana pra ti e para os teus.

Furtado.

Paulo Tamburro disse...

IRA BUSCACIO,

depois da "sumidinda"(rs) , você volta com este texto e passa a palavra - em traje de gala - para o apresentador do Cirque du Soleil, que diz:

-"Respeitável público, hoje não teremos malabaristas, demos folga aos nossos melhores e consagrados artistas internacionais , a razão?

Bem, é que a estrela maior Ira Buscacio, trouxe um texto para irritá-los, ou não... como diria Caetano Veloso".

E lá vem o tal relato das coisas de um amor, mas e me lembro muito vagamente, apenas faz uma simplória menção, se esta saga, vai me perseguir, por mais tempo ou já acabou, pois ela me dá esta esperança quando diz:

-"...Não sei, mas é engraçado saber esses momentos, como já vividos, como uma leitura antiga, agora divulgada".

Tomara que antiga, pois esta estaca gravada no meu peito, dói mais, que a expectativa de exmae na próstata.

Ira Buscacio, não dê mais "sumidinha" nenhuma, pois sempre que isto acontece, novidades vem junto, histórias me soterram de tantas que são as pedras que me jogas, e diferentemente, do ensinamento bíblico que desafia que nunca tiver pecado, que atire a primeira pedra, vocês me joga toneladas delas!

Que crueldade !!!

Mas, mesmo assim fico torcendo, por uma das suas belas histórias de amor, e só peço que as relate após um FINAL FELIZ(RSRS).

Enquanto, isso vou engolindo à seco, pois até o meu chope,esquentou (rs).

Fala sério!

Um abração carioca, amiga virtual e de muito tempo, para a minha alegria e satisfação.

Beijo!

Úrsula Avner disse...

Oi Ira,

é sempre uma alegria vir ao seu cantinho. Você é uma excelente escritora... O que você escreve tem peso, alma, expressa seu talento e emoção. Bj com carinho,

Úrsula

Márcio Kindermann disse...

Cumplicidade traduzida em palavras!
Cara é isso que me encanta, voce se traduz e consequentemente "nos" traduz com a sutileza de quem vive em abismo, na trilha do perigo, sem medo... sem medo!
Amo tudo isso!
Bj meu.

doce anjo disse...

Encantado com cada colocação de palavras........vim e gostei muito do que vi, me emocionei bastante voltarei mais vezes, sigo-te............Espero em breve sua em meu blogs visita e em meu hol seguidores Bjux de anjo

Maruqinhos

Observando e Absorvendo disse...

Passei pra te ler, pra dizer olá
e pra convidar pra conhecer esse espaço meu ainda em construção.

Vou adorar te ver por aqui também.
Bjins entre sonhos e delírios

Úrsula Avner disse...

Òtimo texto minha amiga ! Saudades de ti... Seus escritos sempre me fazem refletir e expressam beleza nas metáforas e imagens poéticas de que se valem, para nos encantar ! Bj grande com carinho.

Mateus Luciano disse...

as palavras que você escreve são cumplices de seus pensamentos
alardos ,malfadados,hediondos ,perfeitos ditos assim
diretos entrando na carne
despojando o meu pudor
desejando te querendo te ver .

fico orgulhoso por você pois tens um don .