INSPIRAÇÕES DO POETA

18 de nov de 2010

Uni - Verso, de Nós




O universo
Retém.
A mim.
Solto o verso,
Que convém,
E fim!

Dele
Quero,
A provocação
Boca, ele,
O véu sincero
Da ilusão.

O universo
Cala
A voz.
Eu observo,
Mandala,
A sós.

Há pecado,
Signos,
No desejo
Jurado,
Ele benigno,
De ensejo?

23 comentários:

Poeta del Cielo disse...

versos lindos com muito sentir en eles ..cargados de emocao .. belo amiga

abracos
otima semana
abracos

Jorge Pimenta disse...

universo
uni o verso
um verso
verso
reverso.
(poruqe toda a universalidade começa no reverso da individualidade).
um beijinho, querida ira!

Marcelo R. Rezende disse...

Prefiro maligno, sempre.
Mais gostoso.
Ou não.

Beijo, Ira.

Antonio José Rodrigues disse...

Uni-verso
Homem-cosmo
Palavra-átomo
Revirar o pretérito de ilusão e se encontrar (entregar) no presente. Beijos sânscritos

Ava disse...

Voce brinca com as palavras, formando um universo de versos...

Beijos e carinhos meus...

Iram M. disse...

Minha poetisa preferida.

Tenha um lindo e perfeito fim de semana

Iram

Antonio José Rodrigues disse...

Obrigado, Ira, pelo carinho. Um ótimo fim de semana. Xeque! Beijos de esperança

Carolina disse...

Oi Ira, este poema e muito bonito e original!

Un abrazo y le deseo um feliz fim de semana :)

Nilson Barcelli disse...

Belo poema, gostei imenso.
Beijo.

Poemas Proibidos disse...

O Universo é infinito. Procuramos vivenciá-lo a cada minuto que passamos. Temos que aproveitar quaisquer amostras deste grande Universo. Por isso procuramos cada medida em palavras.

Beijos!...

Franck disse...

Quero o verso & reverso, cara & coroa...
Beijos e um bom fim de semana!

Palavrácido disse...

Você escreve de uma forma tão graciosa, como consegues?
também desejo-lhe uma ótima semana, é sempre bom passar por aqui e ler tais linhas.Você magnifica um dia, que pareceria ser comum.

Abraços,
Atenciosamente seu amigo aqui sempre a passear,

Dan

Ana Agarriberri disse...

Bonito isso Ira, palavras certas, conjunto belo.

Beeejo,beeejo. :)

Palavrácido disse...

Fico maravilhado toda vez que a visito e gosto de voltar, perdoe-me, para fixar mais algumas palavras que transportam em mim um grande sentir.

Atenciosamente sempre aqui a passear,
Dan

Rob Novak disse...

O melhor mesmo é sempre soltar o verso que melhor nos convir.

Bonito poema.

Bjs

AC disse...

O universo, apesar da sua imensidão (ou talvez por isso), é implacável na exigência do equilíbrio. Qual? Eis o que cada um procura nos seus ritos de vida...

Beijo :)

Kátia Nascimento disse...

Olá amigaaa!
Ganhei meu primeiro selo e estou te presenteando com ele. Beijoooos!!

Érica disse...

O que me resta dizer?... Seus versos sim, são versos que (sempre) convém.

Você é demais minha cara!

bjãO
ótima semana!

Iram M. disse...

Querida,
vim aqui para te agradecer pelo carinho. Que palavras motivadoras.
Fiquei maravilhada, vindas de vc. Pois lendo seu blog fico pasma com a delicadeza e inspiração dos seus textos.

Muito obrigada!

Beijos
Iram

Sil.. disse...

Eu quero os versos,

Malignos, benignos...e dai?
Eu quero os versos!!

Metade adoradaaaaaaa de mim,
um beijo meu!!!

C@urosa disse...

Olá querida e inspirada amiga Ira Buscacio, bom vir aqui. Os versos sempre fluindo com leveza e sensibilidade. O universo dos seus versos me encanta...parabéns e obrigado pelas gentis visitas e comentários lá no dimenor. Paz, harmonia e muito mais inspiração em seus dias.

forte abraço

C@urosa

Marcio Nicolau disse...

gostei muito deste.

E quero também deixar registrado que ouvi aqui outro dia uma canção tua e e tua voz me lembrar a Nana Caymmi.

Saulo Taveira disse...

A provocação, o pecado, o verso solto...

Bela junção.

Beijos moça.