INSPIRAÇÕES DO POETA

18 de dez de 2010

Lingua-Gem do Corpo




Enroladas línguas, tua e minha,
Quais serpentes marítimas rítmicas.
Pura porosidade magnética,
Pela cavidade energética,
Uma lambida generosa

Como a plástica de estarmos,
Um dentro do outro, noutros,
Versos e prosas epidérmicos.
Gozos em corpos térmicos,
Rimam cópulas indecorosas.

Mística sintonia,
Que me agrada,
Majestosa!

27 comentários:

Machado de Carlos disse...

Entraram em sintonia rítmica. Ali fora o encontro de duas serpentes sedentas. As línguas tocadas; agora uma só, transformou-se numa verdadeira Majestade pela noite afora!

Belíssimo poema. Poemas assim, musicais precisam ser lidos várias vezes em voz alta, para sentir o sabor de cada palavra determinada pela poetisa. Notável!

Beijos!...

Poeta del Cielo disse...

Hermoso mi querida amiga..como todo lo que nos deixas... que sintonia de emocoes que comuniao de sentimentos que fican gravados na pele y en un doce beijo apaixonado ...

Bello
otimo fim de semana
abracos
saludos querida amiga

BLOG DO PROFEX disse...

Ira, mais uma vez um belo poema. 'Mística sintonia,
Que me agrada,
Majestosa! '
Quero desejar-lhe um Natal de muita Luz!

Assis Freitas disse...

fala de pele e viço,


beijo

Saulo Taveira disse...

Nossa, puro tesão.
Não penso em nada que me excite mais que beijos na boca, linguas enroladas, serpentes vivas descontroladamente encaixadas provocando ereções.
Pele na pele, cheiros misturados. "Um dentro do outro" - isso é mágico, mútua penetração.

Saido daqui querendo gozar mais.

Beijos,provocadora mulher de talento.

Rosemildo Sales Furtado disse...

Olá Ira! Passando para te desejar um Feliz Natal e um Próspero Ano Novo e dizer que adorei o poema. Muito sensual.

Beijos e ótimo domingo pra ti.

Furtado.

Franck disse...

Erotismo à flor da pele, ou á flor da língua?
Bjs*

Adriano Villa disse...

Ola Ira, td bem... Espero que sim... Acabei esbarrando em seu blog e curti muito o que li, uma ótima poesia muito interessante, serpentes marinhas... eu gosto de usar "como dois gladiadores que lutam pela vida no campo de batalha de suas bocas", e algo me veio na cabeça, quando as línguas se encontram, a razão se desliga e tudo que existe é um mundo de possibilidades. bjs
visite o meu de poemas
www.villadaspalavras.blogspot.com

Dilmar Gomes disse...

Ira, muito bom o seu poema;
bem construido, bem trabalhado
e rítmico.
Um grande abraço.

Jorge Pimenta disse...

a línguagem e o verso na sua universalidade maior.
beijo, querida amiga!

Antonio José Rodrigues disse...

Volúpia, Ira total: sentidos, científica, plástica, etc, etc. Beijos

Saozita disse...

Querida amiga Ira, belo poema com profundidade poética, musicalidade nas palavras. Adorei!

Querida, quero aproveitar para te desejar um Bom Natal, e um Feliz Ano Novo, com amor, paz, harmonia e saúde.

Beijinhos

Sãozita

Iram M. disse...

Minha majestosa amiga,
passei aqui só para te dizer que estou aqui presente, apesar da ausencia, e DA correria do natal.
Breve voltarei. Vc está bem, né?

BEIJO, QUERIDA

IRAM

Phivos Nicolaides disse...

Um beijo especial para você e só você, meus querida amiga Ira! Felipe

Nilson Barcelli disse...

Sensualíssimas, as tuas palavras.
Gostei imenso do teu poema.
Querida amiga, desejo-te um Natal muito feliz.
Beijos.

Marcelo R. Rezende disse...

Isso que é mistura boa.

Carolina disse...

Oi Ira linda!
Este poema é quente! É hot :D

Aproveite esta oportunidade para lhe desejar um Feliz Natal com sua família e amor.
Um abraço.

Coisas do meu Coração! disse...

Olá!
Muito bom ter você aqui no meu Blog sendo meu Seguidor, eu também estou seguindo você, ok?
Natal chegando hein?
Pois é....
Muita expectativa...
Você e eu sabemos que quando Jesus nasceu, muitos esperavam um rei. E um Rei nasceu. Mas não para todos, apenas para aqueles que tinham o coração puro o bastante para saber olhar além das aparências.
Aqueles que esperavam um rei que nasceria num palácio, num berço de ouro e se tornaria o Salvador da humanidade esperam até os dias de hoje.
Não souberam dar valor, porque suas expectativas foram contrariadas, porque não souberam ver com os olhos da alma, porque só conseguiram ver um menino que tinha por berço uma manjedoura e por teto o céu estrelado.
E esse mesmo menino, nascido de forma tão simples e pura, andou entre doutores e mestres e ensinou a eles, pregou o amor e deixou mensagem da paz como herança para o mundo e carregou uma cruz que não lhe pertencia. Sua coroa não foi de ouro e seus diamantes eram espinhos. Mas apesar de tudo, Ele foi e é o Rei acima de todos os reis.
A embalagem engana muitas vezes. Ela cria expectativas. O importante mesmo é o que vem dentro e é o coração de quem pegou do seu precioso tempo alguns momentos para pensar em nós.
Portanto, se a vida te oferecer algo diferente, preste um pouco mais atenção ao que recebe. Não é sábio ficar esperando algo mais e se esquecer do que se tem nas mãos. A esperança faz viver, mas dar valor ao que se tem constrói a Vida.
Feliz Natal!
Que Cristo esteja todos os dias o tema central das nossas conversas e emoções, a melodia da nossa canção, no decorrer do ano em nossas vidas!
Ps: Um presetinho do meu Blog ao seu Blog com muito carinho
Link> http://images.orkut.com/orkut/photos/OgAAAHEgLh36qFz5U6CXpfLe7SXkX7RaCdz6G0bU5JE8tNcthkmN8Gl1KkI8plz5BIZMtFcQV91iDvsRrWgK4OwV9DQAm1T1UGy_KUc04RPU1Q4S15sybh1-NqcQ.jpg
Beijos no coração
Eu! Leilnha

José Carlos Brandão disse...

Um poema todo sensualidade!
Beijos.

J Araújo disse...

Estamos vivendo os ultimos dias antes do natal, é hora de refletir para que possamos rever o nosso passado para melhorar o nosso futuro. Que Deus nos abençoe e brilhe com sua luz perante você, abrindo o caminho até Ele!
São os votos de J Araújo

bj

Ana Agarriberri disse...

Nossa Ira! Sabe aqueles textos que te "puxam" pra eles? Me senti assim, lendo esse poema lindo. Sempre que venho aqui fico viajando nas tuas palavras, sempre bem escolhidas, sempre bem colocadas. Parabéns, mais uma vez um lindíssimo post. =)
Ótima quarta-feira pra você. Beejo.

Mimo Chic disse...

Ira,
Minha linda , fizemos uma postagem de final de ano, que cabe no seu coração que esteve conosco...
bjs grandes muito amor e paz!
Lulu & Sol

Lila disse...

Loiruda...

Nem li até o fim...ehehhehe
Amo.
Bjs meus.

Jasanf disse...

Belíssimo texto imagético e sensual. Aproveito para lhe desejar um feliz Natal. Beijocas.

Sandro e Cristina disse...

Tantissimi auguri di un felice Anno Nuovo Ira, a te e famiglia.
Un saluto, Sandro e Cristina

Restrict disse...

Gostaria de demonstrar aq a minha extrema admiração pelo seu poema..

Muito belo, e muito bem feito..
Você conseguiu falar de algo tão sensual, sem nenhuma vulgaridade... isso foi genial.. belas palavras...

Tenho um blog, não são poesias... são pensamentos reciclados... talvez possa ser considerado como uma prosa poética...

http://tecladobrasileiro.blogspot.com/

a sua visita seria uma honra... gostaria de saber a sua opinião..
Me diga q q vc acha, coment lahh..

Jah sou seu seguidor, quem sabe eu ateh seja digno de ser seguido...

Valeu.. um forte abraço...

A.S. disse...

Cada palavra do poema é uma doce caricia...

Beijos!
AL