INSPIRAÇÕES DO POETA

9 de dez de 2010

Ostra




Amo as pérolas geradas,
Em meu ventre de ostra.
Madrepérolas,
Por corpos estranhos fecundadas.
Ostra-mãe! Encosta e feri o ventre na pedra.
Ampara e suga plânctons, algas,
Dando origem ao esplendor.
Amor multiplicado,
Do nascer, sólido e primitivo
Capaz de enfrentar tormentas.
Sou casca, casta, casulo.
Sou ostra . Sou o motivo.
Pérolas desejadas. Esféricas. Jóias raras!
Saiam de mim e encarem colecionadores,
Vitrines se for preciso.
Não vou poupá-las dos abismos,
Pois do amor que sinto, jamais haverá presídio.
Sou vicio de liberdade. Mostrem ao sol suas caras!
Embora árdua, a sina humana,
Meus planos, não são carrascos.
Sou ingênua! Ostra-mãe,
Que pérolas gera e ama.

31 comentários:

Poeta del Cielo disse...

Querida amiga so o amor de uma mae pelas filhas emana tal sentir que crean hermosas letras que falan forte o amor por elas... adorei de coracao...

saludos
otima semana
abracos

Carolina disse...

Macio e aveludado poema. Eu adoro pérolas, o prazer natural.
Um abraço.

Assis Freitas disse...

ostras e pérolas, a natureza e suas perfeições


beijo

Antonio José Rodrigues disse...

Que poetisa abusada, meu deus!! Quando a gente pensa que todas as suas pérolas foram derramadas, ela continua arrancando pérolas da manga, ou melhor, da sensibilidade. Beijos brilhantes

Marcelo R. Rezende disse...

Ai que lindo esse amor que você reproduz, que põe ao mundo e que faz brilhar.
Lindo, Ira.

Athila Goyaz disse...

Ingênua e guarda um tesouro dentro de si.

Bjão!

Luciano Martini disse...

A inquietação da ostra gera as mais lindas pérolas.

Uni ver sos disse...

Ira,

Vou ser bem sincera, fazia muito tempo que não lia algo tão belo, tão significativo e forte! Não saberia dizer ao certo porque arrepiei-me, foi assim, fiquei enamorada dessas palavras,
como se existissem nelas algumas
respostas para mim,
não sei explicar essas coisas,
sei sentí-las com a imensidão
que cada palavra trás,
vou levando comigo esse perfume..


Amiga, estou também passando para deixar um beijo e dizer que estou animada para o nosso amigo secreto domingo dia 12!

Beijo e até lá!!

Ξ ѕ t є я ツ

Antonio José Rodrigues disse...

Ótimo fim de semana, Ira. Beijos

P.S:Ouvindo, no palcomp3, Veneno de Cobra

Lily disse...

Há quem saiba ser ostra e criar pérolas. Não há cursos mundanos que possam ensinar, é coisa que se aprende ao nascer, assim que se abre os olhos, vem aprendida, ao longo do curso de nossas histórias.

Ana Agarriberri disse...

Ira querida, tem 2 selos pra você lá no Molhe-se, passa lá. Ótimo final de semana pra você. Beejo,beejo. :)

Brasil Desnudo disse...

Bom dia, minha querida Amiga Ira!!

Porque você tava amuadinha ontem, querida?

Que bom que passou lá no Desnudo e deu uma relaxada, mas até eu na hora de elaborar a postagem, ria muito com o tema do post...
Mas bem merecido, para um traste como ele, não acha?

Mas para você, minha Ira valiosa, pérola que nasce escondida, mas quando nas mãos certa, se torna Mulher de verdade, sem medo e conceitos vulgares, mas como uma jóia, se dá por inteira, mesmo como Amiga!!

Quer pérola maior que essa?

Beijos no coração, minha querida amiga, também do coração...

Marcio RJ

Phivos Nicolaides disse...

Eu gosto de pérolas e Gera ama. Uma linda semana, mulher maravilhosa!

Lua Nova disse...

Olá, minha força da natureza preferida... tua energia de geratriz se transfere pra tua poesia sempre viceral. Deve ser bom ser uma das tuas pérolas. Teu amor é como vc, livre e forte, dedicado e presente sem jamais ser sufocante.
Essa é mais uma jóia escrita por vc nesse teu estilo invejável.
Se sabe que te gosto pá xuxu, né?
Beijokas e um gostoso fds.

meus instantes e momentos disse...

como é bom ler voce !
Maurizio

Iram M. disse...

Ira querida,
esse poema é bem digna de seu blog.
Bom estar aqui com vc sempre, minha linda!

Iram

Brasil Desnudo disse...

Oi, minha querida!!
Hoje pela manhã, acho que postei uma mensagem no seu blog, aqui nessa janelinha que entrei agora, pois quando vi a primeira postagem do Poeta Del Cielo, foi que me dei conta que era o seu, agora, acredita?
Era para a minha Poetinha Mara, lá de Natal, mas na pressa nem percebi esse detalhe...
Bem!!
Mas passei pra dizer que:

1- Não vai passar o fim de semana inteiro no Shopping, heimmmm? kkk

2 - Nada de gastança também...

3 - Guarde um pedaço de Panetone pra Euzinho, adoro!!!

4- Pra te desejar uma noite maravilhosa, sem muito estar amuada dessa vez, tá?
Bjs minha querida Ira...

Marcio RJ

█► JOTA ENE ◄█ disse...

ººº
Principalmente gosto de cor de perola ...


Bjooo e otimo domingo...!

Fred Caju disse...

A natureza sempre é que nos dá as melhores metáforas. Beijo grande!

AC disse...

Ira,
Nunca é de mais enaltecer a sua capacidade poética, traduzida agora nesta ostra que, embora de coração apertado, impele as suas pérolas para a vida (parece-me que se refere às suas filhas. Será?)

Beijo :)

JB disse...

Pérolas assim são vidas que se desejam em versos livres num amor sentido...

Sublimes, seus poemas!
Fico, com todo o gosto!

Beijinho

Rita de Cássia disse...

olá querida, gostei do seu cantinho poético.
Esse poema encantou-me pq meu nome significa pérola e tbm pela profundeza das palavras. simplesmente sublime.
estou por aki!
bjos e feliz natal!

Rita de Cássia disse...

Ah! outra coisa, adorei a música ne me qui te pás... mto intensa, revela um pouco do seu olhar...
bjos

Uni ver sos disse...

Oi Ira,

passando para ler a postagem do amigo secreto...

espero que esteja tudo bem contigo!!

Bjs!

Juliana Carla disse...

Ira

Subtrai-se a água fria e poluída... Pudera... A fabricação de uma pérola não é para qualquer um... Posso ser uma? Depois irei perguntar a minha mãe.

Mais tarde a minha. Por enquanto, sinto o amor do lado de cá.

Bjuxxx e xerooo amiga.

cristinasiqueira disse...

Oi Amada,

"sou o motivo"

Flui em águas ,reteve-se em casulo-concha,fez-se bela e rara...pérola!

Feliz natal e paz e amor e luz!


Cris

Sandra disse...

Vim ver o amigo Secreto e encontrei uma linda peróla.
Bjs.
Sandra

Márcio Kindermann disse...

... doa-se ao mundo nossas criações. Ah o amor!!!

Se...sei que estou em falta por aqui, mas é que por lá meu tempo está pequeno.

Mas sempre que posso estou aqui, pois amo isso.
bj meu
mk

Déjà Vu disse...

Belo blog, podemos ser amigos estou te seguindo aki!
Me segue la tb tb e comente sempre!
e nao esqueça de votar na enquete para qd expirar possamos fazer um debate!
Beijos

Jorge Pimenta disse...

sempre que vejo ou leio a palavra "ostra" ocorrem-me flashes de um dos livros que mais me marcaram. era ainda menino, mas a sua mensagem permanece viva para além das rugas que se começam a plantar-se sobre a pele: "the pearl", de steinbeck.
beijinho, ira querida!

BLOG DO PROFEX disse...

Ira, mamãe-ostra e o parto de uma linda pérola, motivado pelo cantar da liberdade. Bela construção. Grande abraço!