INSPIRAÇÕES DO POETA

6 de mar de 2011

Outro Caminho




Ela sabe das cicatrizes barulhentas e abertas que doem tripas, coração e cervical, mas dor não se grita nem propaga, pois veio ao mundo fêmea de pai e de mãe. Coubera-lhe o mistério de olhos e ventre.
Mulher, sangue e parto! Essa é tua verdade mortal, então não se culpe em arrastar pecados no templo, pois há uma alma que ultrapassa os venenos e permanece
Saber-se mistério dentro da própria existência dói, quando suas raízes livres e desobedientes furam a terra e respiram o ar humano, mas é preciso antes do alívio queimar-se.

Ela sempre acreditou que a dor fosse uma mulher sem batom!

O certo hoje seria amputar qualquer idéia amorosa, já que adivinhava solidão, mas foi pega distraída em seu outono desistido de cores, quando um menino pronto pra ser homem dá de ri da sua incredulidade e risca-lhe o velho tronco com poemas vermelhos.
Estava cansada de colecionar rotas de quases, destinos que poderiam valer a viagem, mas eram apenas esboços ridículos de caminhos sem saídas.

Não se dera conta de que estava vela solta no mar a inquirir o horizonte, longe, longe, quando de repente perdeu os pés e afundou em encantos.
Deram-lhe pérolas e turquesas que aceitou no susto, o menino que a invadira tinha na cabeça o equador de todas as coisas, ele existia homem para fazê-la doce, nas horas mais cítricas.
Ele existia homem para fazê-la intensa, numa simplicidade infantil, como quem conhece a brevidade da ilusão.
Juntavam estrelas ao alfabeto dos dias, pra que as letras pudessem brilhar nos dedos, enquanto escreviam vidas.
Ele existia homem e ela o deixava ser!

42 comentários:

Fulvio Ribeiro disse...

Ira...

A cada vez que venho aqui, dou a luz a uma coisa nova, a qual não sei explicar e nem quero.
É ótimo te ler minha querida.
grande Abraço.

♪ Sil disse...

Minha linda,

Posso copiar as palavras do Fulvio?
Ele disse TUDO que eu queria dizer!


Um beijoooooo!

Assis Freitas disse...

escrever vidas, isso é existir


beijo

Lily disse...

Ira,

Vim aqui numa preguiça, não de ti, mas do dia mesmo, domingo frio...

E aí dou de cara com este teu texto que me pegou numa surpresa, igual quando você vê uma estrela cadente.

Estou numa fase boa, apesar daqueles acidentes (tudo ok, agora), mas confesso que meus olhos se molharam, fiquei emocionada com teu texto.

Senti todo o texto, sem pular nada.

Deixo-lhe meu silêncio cúmplice.

Suzana/LILY

Dilmar Gomes disse...

Olá amiga Ira. Belo poema, intenso, arrojado, vibrátil...
Um grande abraço.

carmen silvia presotto disse...

Ao estudar a Psicanálise de Lacan sabemos que todos temos 4 possibilidades de ser ( homem, mulher, pai, mãe), funções que nos tornam ricos e múltiplos e teu poema diz disso e muito mais para mim, ele desvenda a possibilidade do hibrido constante em que nos percebemos... um beijo grande Ira e voltarei para reler.

Carmen.

Edson disse...

Grande Ira,
seu texto parece uma pintura, pois você pincela as palavras como ninguém, fazendo-nos viajar nas cores de seus versos.
Parabéns.
Beijos.

Antonio José Rodrigues disse...

Independente do caminho, Ira, estaremos sempre entrando num beco sem saída. Sem cores, sem sabores, sem luz, sem vida. No final do beco, não tomaremos mais decisões, mas tomarão por nós. Beijos

Iram M. disse...

Nem o a energia inquieta do carnaval te faz perder a sensibilidade da inspiração para escrever coisas que te saem da alma nè, amiga?
Coisa linda!

Beijos

R.B.Côvo disse...

Gostei. Abraço.

Dave disse...

É... Apenas enxergando e talvez, principalmente, acreditando em outro e em fazer outro caminho, que podemos ou poderemos vir a mudar muitas e muitas coisas...

Beijo!

Érica disse...

Ira
você simplesmente não escreve, você respira, inspira.... dá pra sentir o seus existir.

bjãO
E pra vc que merece, e como!
Parabéns, antecipado, pelo dia Internacional da Mulher!

abraçãO

Maria Claudione de Souza Rodrigues disse...

Adorei teu blog e os textos maravilhosos!

Mari Amorim disse...

Ser mulher é ser especial,
amiga Ira
Quero abraça-la,e agradecer o carinho e a amizade,neste dia tão especial,seja feliz!
Boas energias,paz,saúde,e luz,
beijos poéticos
Mari

Almeida Lucius ™/ Ulisses Reis ®/Heleno Vieira de Oliveira disse...

Fiz varias homenagens a MULHER
e gostaria de mostrar para você ,
venha ler e deixe um comentário para mim
e tenha um semana maravilhosa, beijos !!!


http://ulissespoemas.blogspot.com/2011/03/dia-internacional-da-mulher4.html


http://ulissespoemas.blogspot.com/2011/03/dia-internacional-da-mulher.html

E tem mais veja qual gostou mais, beijos!

Danilo Sergio Pallar Lemos disse...

A poesia expressa o respiro da arte que anseia pela pena do poeta que compõe no papel, muito mais que sinais e letras, mas a sua própria história cotidiana.
www.vivendoteologia.blogspot.com

Poeta del Cielo disse...

Belisimo amiga querida... cada vez suas letras me deixan con o coracao na mao... belas querida Ira...amiga

FEliz dia amiga mia... en un dia tan especial por su fuerza lucha amor,y sacrificio y su ejemplo de vida ..feliz dia de la mujer...

SAludos
linda semana
abrazos

Jose_Kunita disse...

HOLA, BONITA

ESTÁ LLEGANDO EL DÍA DEL SER MÁS ADORABLE Y EXTRAÑO DEL MUNDO; O SEA TU DÍA, MUJER…
ASÍ Q’ ¡¡¡FELIZ DÍA, BELLEZA INEXPLICABLE!!!
UN BESO :x

Dayse Sene disse...

Mulher!
Sempre mulher.
Um abraço carinhoso pelo nosso dia.
Um afago gostoso.
Um orgulho, ser mulher sempre.
Eternamente.
Minha homenagem às minhas amigas mulheres.

A.S. disse...

Ira... Ler vc é um doce fascinio!
Obrigado querida Por tão belos momentos!

Beijos meus,
AL

AC disse...

Traçar rumos convincentes, fomentar encantamentos, respirar novos poemas...
Que bom é voltar a lê-la, Ira, já tinha saudades!

Beijo :)

Dilmar Gomes disse...

Olá amiga poetisa e escritora. Minha homenagem no teu dia, o dia da Mulher.
Um grande abraço

Carolina disse...

Minha querida amiga Ira, eu quero lhe desejar um feliz Dia da Mulher e um Feliz Carnaval! Um abraço.

Maria Marluce disse...

Escrever vidas é alimentar a própria alma.

Carol disse...

Ira querida que coisa mais linda e intensa que leio hoje no nosso dia. Parabéns pelo dia e pelo MARAVILHOSO e verdadeiro texto escrito.

beijim!

Phivos Nicolaides disse...

Tão bela como os gráficos. A vida é cheia de dor e sofrimento. Sortudos que compreender os significados da vida e continuar a viagem linda... Parabéns para o pensamento humano profundo. Sendo um tesouro...

namorar pela net pode dar certo. disse...

NOSSA!! QUE BLOG LINDO, ME ENCANTEI!!PARABÉNS!!POST LINDOS, IMAGENS BELISSIMAS, UM SHOW SEU BLOG. JA ESTOU SEGUINDO, SEMPRE QUE PUDER ESTAREI AQUI. CASO QUEIRA FAZER-ME UMA VISITINHA FIQUE A VONTADE. SE QUIZER ME SEGUIR SERÁ UMA HONRA. LINDO DIA PRA VC. BJS

Pelos caminhos da vida. disse...

Depois de um tempo ausente da net, estou voltando e colocando a casa em ordem, aproveitando tb para conhecer e agradecer meus novos seguidores, meu muito obrigada por ser um deles.
Espero te ver muitas vezes Pelos Caminhos da Vida.

beijooo.

I Love Ski Jumping disse...

    .███:▓
     █   ▓▓▓▓
        ▓  ██▓
       ▓▓    ██▓ ▓██
     ▓▓▓     ██▓▓▓▓███.
     ▓▓▓.     █▓▓  ▓ `██
  .▓░▓░▓     █▓▓  ▓▓   █
 ▓░░▓░░ ▓   ▓▓█  ▓▓▓
▓░░▓░░░░▓  █▓█   ▓▓▓▓
▓░░▓░░░'▓  █▓█ .▓░▓'▓░▓.
'▓░'▓▓' ░'▓  ▓██ ▓░░▓ ▓░░▓
 "▓"  "▓"   █▓█ ▓░░ ▓░ ▓░░▓
           █▓█ ▓░░░▓░░▓░░▓
  ██      █▓█ ▓░░▓'▓▓'▓░░▓
  ███     █▓█ " ▓      " ▓ "
   ████   █▓█     █████
    █████ █▓█   ████  ██
      ████ ▓▓█  ███ ███
        ███ ▓▓ ▓██ ███
         ███ ▓ ▓█ ▓█
       ~. ▓█ █▓ ▓█ .~´
   -~***~.▓▓ ▓▓ ▓█~***~
~***~~***~~***~~***~~***~
Beauty is present,
you just want to see them,
or at least deliberately
do not close your eyes.

/ Theodor Fontane /

Have a nice day and best regards to Polish hot; **

Karolina ; ^

cristinasiqueira disse...

Ira amada,

Este doce nas horas cítricas...
A dor ,esta mulher sem batom...
E isto tudo que lhe brota e que semeias sôfrega e intensa...densa flor macia do algodão.

Bravo o teu canto

Com admiração,

Cris

(ausente pelo enredo suave publicado no www.euamotrancoso.blogspot.com),passe por lá

MOISÉS POETA disse...

Ira, querida !

um belo texto para acender de vez o meu dia...!

um grande beijo!

Machado de Carlos disse...

Penso que a mulher é um ser tão perfeito! A mulher é rica em amor. Rica em beleza. A mulher é símbolo da própria vida. Ela – a mulher abre as portas para a existência do próprio homem. A mulher – menina, a mulher – beleza, a mulher – mãe. Por tudo isso eu procuro também escrever, especialmente para a mulher. Penso que todas as mulheres são musas!

Beijos!...

Athila Goyaz disse...

Moldes de palavras, sentidos que doem, mas isso é viver.
bjus

Jorge Pimenta disse...

querida amiga,
conheço poucas pessoas como tu a tratar o amor com a dureza poética que ele merece. torna-lo simultaneamente, afago e rugido, alma e corpo, desatino e destino,
meio e fim. e nesta rebentação de contrários, reconstróis os mapas que cada um, à sua maneira, colecciona nas suas experiências a que disfemisticamente [ou eufemisticamente? nunca sou capaz de o saber...] chamamos de vida. bravo! é mesmo assim que ela é.
um beijinho imenso!
p.s. ainda estou amarrado a esta imagem: "Ela sempre acreditou que a dor fosse uma mulher sem batom!"

Adilson - Rio de Janeiro - Brazil disse...

Que lindo ....pbens ... vim trazer meu abraço

Jasanf disse...

Por meio de outro caminho construímos a nossa imaginação, tecemos novos horizontes e engendramos boas expectativas para se viver melhor e não cair em tentação, embora nem sempre isso seja impossível de acontecer, visto que erramos e pecamos também para obter prazer.

Almeida Lucius ™/ Ulisses Reis ®/Heleno Vieira de Oliveira disse...

Vim com uma das faces demonstrar o meu carinho e dialogar em poesia, fico maravilhado ao conhecer e ler tudo que escreve, é ótimo saber que tu existe e gosta da poesia e da prosa um convite para conhecer outro heterônimo Heleno Vieira de Oliveira: http://dionariadionaria.blogspot.com ,mas também lhe dar um carinho aqui um poema:

Faces e Fases

Cicatriz gritante, dor muda não se propaga
Do ventre o sangue cessa é a maternidade
Vem como balsamo e fertilizante do amor
Não há pecado em nenhum templo agora
Pode ter sido o mistério que envolve a vida
Enraizado com dor ou sem no fundo da gente
Não se acaba com qualquer sentimento fácil
Se for de dor por um amor perdido ou finito
Devemos ser sempre reflexivos, o que houve
Não se culpar ou somente achar desistir de amar
Melhor é poetizar tudo que a voltar existir
Paixão cólera e outros sentidos e ter direção
Que ao propagar diminua o cansaço
Não se ache perdida no mar, olhe o horizonte
Ele é aurora e trará sorriso e harmonia
Tudo que merece um longo bem estar

Ulisses Reis®
11/03/2011

Para Ira Buscacio

Ira gostaria de saber se posso usar aquelas imagens da "Camaleoa", pois escrevei 4 poemas sobre cada uma das imagens e o que nelas ou vi, mas quero que conheça as poesias, e aqui também deixo, elas estão na orde das fotos, vamos ver se gosta, tenha um linda noite e tudo de otimo, beijos !

Camaleoa I

Como pode ter tal encanto
Pois me lembra música um canto
Cada imagem revela ao mundo
Que uma mulher pode e deve
Ser muitas, a loirinha cabelo curto
Que traz um tom de menina-moça
Doce como leite condensado
Que é deliciosamente sorvido
Fotografada pela retina do olhar
Que senti um sorriso crepuscular
Onde o sol ilumina e deixando a luz
Do dia para que a lua venha
Brilhar

Ulisses Reis®
11/03/2011

Para Ira Buscacio

Almeida Lucius ™/ Ulisses Reis ®/Heleno Vieira de Oliveira disse...

Deixei os outros 3 para surprender, e é aqui que vou postar os 4, Meu Blog Original:http://ulissesreis.blogspot.com/2011/03/faces-e-fases.html

Já postei o outro, tenha uma linda noite, beijos !!!

Ulisses José Da Silva disse...

Olha esse que voce não conhece e é para voce, tenha um lindo dia, beijos !!

http://ulissesreis.blogspot.com/2011/03/camaleoa-iv.html

multiberg disse...

meu comentario na verdade é um apelo
explica-te em teus versos mas
fala-me humanamente: de que é feito tua substância ?

CANELAFINA disse...

UMA BELA REFLEXAO, JA ESTAVA COM SAUDADES, UM ABRAÇO, EDUARDO

Saulo Taveira disse...

"... mas é preciso antes do alívio queimar-se."

Águia, Fênix,ave, mulher.

Habitada pela deusa, nem sei se sabe o que diz.

Tua escrita é de alma, mulher.

Beijos.