INSPIRAÇÕES DO POETA

6 de jan de 2012

Terras Seculares para Pés de Raízes Fortes


Da primeira vez, ele artimanha,
Máscara,
Como face de gente.
Deu-lhe uma flor e fugiu de casa
Pela janela da frente.
Ela riu de simplicidade,
Como quem cultiva rosas
E sabe a mentira da pétala urgente,
E tem todas as idades,
E tem todas as inexperiências,
Os poemas inconfiáveis cadentes.
- Mas ele é tão menino! É como pode!
Um terremoto.
E as moças caem de pernas pro ar,
Com seus olhos de nuvens.
- Por ele, abalo sísmico convincente -
Pobres moças-nuvens, sempre passam...
Chovem! Chovem!
Destemperadamente.
E ela, que é quase silêncio,
Mas sempre esperança,
Grávida de sementes,
Apenas desculpa-se,
Por ter os pés plantados no chão,
Apesar dos ventos serem sedutores,
Perdidamente.

11 comentários:

Marcelo R. Rezende disse...

Foda quando há tanta diferença, que não não se possa fazer exercer o que se sente e tudo mais. Por vezes é só passageiro, mesmo. Mas e quando o buraco é mais embaixo? Foda.


Beijão, Ira.

Dilmar Gomes disse...

Amiga Ira, como sempre, aliando conteúdo à forma. Muito bom.
Um abração. Tenhas um lindo fim de semana.

Assis Freitas disse...

poema terno de ausência, mas forte e emblemático


beijo

Carol disse...

Que lindo texto!
Uma ótima semana!

F. Otavio M. Silva disse...

Bela História temos neste poema, um garoto inconstante não é?

Estou passando para lhe desejar tambem um ano novo fantástico, que você faça ainda mais jus ao nome do seu blog, que você continue se reinventando e que tudo de bom lhe aconteça.

F. Otávio M. Silva.

Lily disse...

Ira, minha cara!

O que fazer com homens tempestade, terremoto, diluvio, inundação... Eh tormenta certa, mas eh prazer pra nao se esquecer!

Beijos,

Suzana/LILY

P.S.: quase assinei Suzana/Ira...rs! Pode?

Jorge Pimenta disse...

os encontros e os desencontros do homem tempestade e da menina nuvem. na vida, tantas são as vezes em que os papéis se confundem, partindo a tempestade em brisa e anunciando searas de sol para cada nuvem.
belo, duro, emblemático, vida, como toda a tua escrita!
beijinho, amiga de voz admirável!

► JOTA ENE ◄ disse...

ººº
Minha querida Ira(linda) e altamente moderna. Sabia que o Jota tb tem 8 tatoo's?

Desejo p'ra ti, novel e lindíddima vovó um Mega-Ano de 2012.

Beijo(ta)

ZilMar disse...

querida Ira....obrigada pela visita...amei...

FELIZ ANO DE 2012!

mais uma vez entro aqui e me deleito com sua poesia...dispensa comentário...é só ler...sentir...saborear cada palavra...e deixar o coração mais leve...

meu abraço e minha admiração...sempre...

Zil

Sonhadora disse...

Minha querida

Como sempre INTENSA...e saio sempre daqui extasiada e sem palavras para te comentar...és POESIA.

Beijinhos com carinho
Sonhadora

Lucas Holanda disse...

"E sabe a mentira da pétala urgente"
Linda imagem! Texto intenso.
Virei seguidor!
Abraço