INSPIRAÇÕES DO POETA

30 de jul de 2009

Licor


Hum! Bombom de licor.
Atrevo-me a morder.
Reter com a boca,
Tua alma, que há de escorrer.
Descer garganta-abaixo.
Lambuzar e sorver.
Um desejo erótico,
De falo e de viver.
Desmancha-se na língua.
Faz-me derreter!

4 comentários:

Olavo disse...

Neste mês de agosto o blog esta em comemoração
E te convido a partipar durante todo o mês com a gente..
E para começar tem selo comemorativo lá no blog..
Abraço.

Thiago Maia disse...

Se um bombom já é bom, imagine aliado com um licor... rs
Os laços dos dois fazem por onde ficarmos louquinhos...

O desejo aflora, sempre.

BEIJO

CARLA FABIANE... disse...

Quando descobrimos que dentro de nós
existe o Universo temos certeza que
a vida só tem um sentido que é se
energizar de AMOR.
O AMOR é uno, em sua glória inumerável
criando estrelas brilhantes no céu
assim também como pétalas de flores
perfumadas de harmonia e união.
Só o AMOR é verdadeiro o restante é ilusão.
OM NAMAH SHIVAYA

Alexandre Vidal disse...

UMA IMAGEM VALE MAIS DO QUE MIL PALAVRAS