INSPIRAÇÕES DO POETA

30 de ago de 2010

Faz sentido?




O olho não ouve a tua voz,
Cega!
A orelha não fala no teu olho,
Surdo!
A boca não olha a tua orelha,
Muda!
E eu?
Eu tenho todos os sentidos do mundo!


Ganhei de presente essa arte, do Druida – http://revistavirtual-br.blogspot.com/ e prometi um poema. Aí esta! Um bjinho

16 comentários:

Lily disse...

Eu também!

Eu também tenho todos os sentidos do mundo, mas é difícil às vezes lidar com todos eles.

Às vezes, transbordam...

Beijos!

O Druída disse...

Olá, Ira.

Poxa, que linda sua poesia, sua poesia me mostrou algo que eu não acreditava, nos meus sentidos e lendo sua poesia, descobri os lindos sentidos da minha alma. Obrigado pelo carinho..bjusss

Marcelo R. Rezende disse...

Gente, que coisa mais linda. De ler e suspirar.
Adoro!

Machado de Carlos disse...

Tudo o que é belo e não belo faz sentido!

Machado de Carlos disse...

Olá Ira!

Que bom que você veio ao meu espaço! Agradeço-lhe. Realmente o poeta é ator que vive em cima das palavras. Portanto com várias fases e faces.
Gostei muito do teu espaço. Parabéns!

Um Grande Abraço!

Sil.. disse...

Ira, amada!!

Eu tenho tantos sentidos, que nem dou mais nomes a eles.

Eles saem a cada instante dos meus poros.

Lindoooo, lindo!!!

Um abraçãoooooo minha linda!!!

Jorge Pimenta disse...

enquanto o caos sensorial se abate sobre nós, "eu tenho todos os sentidos do mundo!"
por isso és poeta!
um beijinho!

CARLA FABIANE... disse...

amiga querida!

"Avança na tarefa que te foi confiada e não temas. Se a fé representa a nossa coroa de luz, o trabalho em favor de todos é a nossa bênção de cada dia."
(Emmanuel)

Seja o que Você é.
E Nada mais
Não faça caras para agradar os outros
Ria,chore,faça o que tem vontade
Faça da vida um momento único,especial e Marcante
Se emocione com uma demonstração de amor
Seja paciente.
Tenha força de vontade e acima de tudo
ACREDITE,pois só acreditando
Você consegue o que quer!
Deixe que a vida se encarrega do resto

Beijos

Por que você faz poema? disse...

Inclusive o sexto, sempre presente na alma feminina.

Ulisses Barreto disse...

todos os sentimentos, todos os sentidos em todos os momentos. Após atracar no seu blog deu vontade de construir uma morada, mas sou viajante e sigo viajando, bjossss

Sil.. disse...

Vim deixar um abraço giganteeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeee!!

Kátia disse...

Olá Ira!!
O meu sentido mais apurado é o da audição. Gosto de ouvir as pessoas. Não sei por que, mas é fato.
Beijos linda!!

Lily disse...

A Sil disse que vamos, você e eu, ficar amigas de infância igual aconteceu com a gente.

Creio que vamos, sim!

Volto mais tarde, para ler teu texto com calma. Não gosto de ler depressa.

Beijos!

A.S. disse...

Ira...

É puro fascinio o subtil jogo de palavras com que composeste o poema!!!


BjO´ss
AL

A.S. disse...

Ira...

É puro fascinio o subtil jogo de palavras com que composeste o poema!!!


BjO´ss
AL

Marcio Nicolau disse...

Resultado extraordinário: o poema e a leitura que ele acaba de ganhar no blog do Saulo.

Parabéns.