INSPIRAÇÕES DO POETA

6 de set de 2010

Aquariana




Olha! Eu te amo, mas sou de aquário.
Sofro de liberdade e esquisitice, às vezes me canso dessa coisa estranha de ser e fico pra dentro e, tudo é ainda, mais estranho e livre. Demoro só o tempo de me perder e voltar mais sem mim, pois não estou em nenhum lugar que tenha definições.
Se faço mal a alguém? Não sei, só quando quero viver. É que gosto de farejar as pessoas, as coisas, desse jeito de cão que quer osso e carinho. Eu tenho essa irritante mania de viver e com olhos, mãos, pés, coração e cabeça cheia de nuvens.
Tenho fobia urgente de coisas que fazem sentido. Que sentido tem a gente criar lógicas, etiquetas, pessoas, medos, coelhos, gloss de brilho intenso, pra depois morrer a francesa? Que sentido tenho, eu? Já não basta ter que salvar a mim mesma da Ira, que acorda sempre com aqueles, insuportáveis, olhos de fé.
Não saio dessa festa sem comer bolo, sem dançar Lady Jane, sem beijo roubado, sem mais uma dose, aliás, a embriagues te isenta de inimigos. É que o estômago (vazio) carente quer beber toda simpatia do mundo.
Olha! Eu te amo, mas a barra é pesada.
Quer amar uma mulher? Esteja preparado pra maior aventura de sua vida!
Eu sei que no início vai dar medo, como a subida na montanha russa, mas depois que o coração alcança a boca, o gosto que fica é de céu. O importante não é só a coragem de subir, mas a apreciação da descida.
Não vou te poupar da minha alma, que oferece todos os perigos. O de ser feminina é o principal, mas pode ser interessante tentar entender o que é desentendido.
Há também um corpo, um corpo comum, sem recortes e silicones, que esta envelhecendo com rugas, celulites e gordurinhas localizadas, mas eficiente e sensível ao mais leve toque. O único risco é gostar do cheiro, porque cheiro é danado pra viciar. Use e, principalmente, mais abuse de língua e mãos. Não, não estou absolvendo o falo dos pecados, mas é que há tantas confissões.
Não sou de andar na linha (reta), nem do trem. Quero apenas andar, andar e andar, se tiver um samba, eu paro. E se tiver balanço, eu danço. E se tiver tristeza, eu choro. E se tiver feliz, eu também. E se tiver maldade, eu passo. E se tiver poesia, eu poeto. E se tiver amizade, eu pra sempre. E se tiver motivo, eu amo. E se tiver você, eu fico.
Vai encarar?

17 comentários:

Lily disse...

Sim! Eu encaro!

Adorei! Conheço pessoas de aquário, são assim mesmo...rs...vai entender este mundo das águas.

Vocês tão sonhadores, tão sem donos, tão leves, livres! Não querem os pés no chão, mas gostam de ideais, gostam de conquistar. Gostam da liberdade, da surpresa. Nada de relógios, nada de encontros marcados... deixam qualquer leonino doido, feito eu.

Adorei!

Beijos!

P.S.: estou de repouso forçado, mas não resisti parar aqui pra dar o meu pitaco.

Suzana/LILY

Jacson Faller disse...

muito... muito bom... bjo, Ira.
Jacson.

Jorge Pimenta disse...

como a poesia vem desenhada nos cânones: o "eu" na sua expressão maior. um eu que é também um tu, quantas vezes um nós, mesmo que sem eles... até porque o cheiro é mesmo danado :)
a pergunta retórica com que se descerra a cortina sobre o espelho é lapidar.
um beijinho!

Franck disse...

Aquário...Num aquário comporta mar, água doce, algas, conchas, cascalhos, pérolas, peixes...
Bjs*

Sil.. disse...

Ira, posso roubar um cadim desse texto?

Me VI nesse texto, com algumas coisas a mais hehehe, mas mudaria de inicio isso:

Olha, eu te amo, mas sou LEONINA.

Beijoooooooooooooooooo amadaaaaaa!!!

Lila disse...

Aeeeeeeeeeeeeee minha querida e doce Ira...
Vá no rítmo...dance, poetise, ria, chore, ame....voeeeeeee !
Essa é vc, livre como sua poesia.
Semana cheia de vôos estratosféricos....heheh

Bjkas !

Sil.. disse...

Hahahahaha, Iraaaaa, eu ADOROOOOO VOCÊ, sabia?
Morri de rir com o seu comentário (É amiga, abafaaaaaaa, senão já viu, a gente querer colocar todas as esquisitices mesmo hehehehe).

Você tem tbm tem todaaa a liberdade na minha casa (coração) viu.
Tem seu lugar privilegiado ali, com vista pro mar, uma cerveja gelada (Ou qquer outra bebida), e nem precisa mais bater na porta, só entrar.

Beijoooooooooo minha amiga (Praticamente de berçário)kkk

Lindaaaaaaa do meu coração!

Érica Amorim disse...

Confesso que estava passando só pra curiar a casa do vizinho, mas não resisti e entrei... e como gostei do que encontrei!
sabe, tenho o hábio irritande de gostar de pessoas que tem a "mania irritante de viver e com os olhos, mãos, pés, coração e cabeça cheia de nunvens" rsrs
muito bom!

te seguindo para voltar sempre.

abração

. disse...

Minhas maiores paixões foram mulheres aquarianas.

J Araújo disse...

Eu também te amo e sou de capricórnio...

Olha o que diz...o perfil.

Você nunca vai conseguir pegar no seu pé, pois ele nunca deixa falhas para alguém reclamar. Mas se por um acaso, bem remoto, isso acontecer, escolha muito bem as palavras que usará para dizer a ele que está atrasado ou errou algo. Ele escutará aquilo como uma condenação e se punirá e se penitenciará sentindo a maior vergonha do mundo, e durante dias ainda escutará o eco de sua voz dizendo “... você esqueceu...ceu...ceu...”. Se não quiser ter um funcionário arrasado a ponto de cometer suicídio, nunca o chame de irresponsável. Ele ficará completamente alucinado, e escutará para sempre aquele eco na sua cabeça : “irresponsável...ável...ável...” Se quiser poder deletar, não ficarei chateado,

Brincadeirinha
o que não é brincadeira é que sou de capricórnio mesmo.

bj

Brasil Desnudo disse...

Olá querida, Ira!
Passei pra te desejar um lindo começo de semana e, um feriado melhor ainda, cheio de amor e muita paz.
Mas pra te dizer que tem mensagem especial pra você lá no Desnudo.
Com todo carinho...

Marcio RJ

Úrsula Avner disse...

Oi amiga,

aprecio muito essa sua versatilidade de ir do lirismo ao texto irreverente, dramático e cômico... Seu modo peculiar de escrever fascina. Bjs.

Marcelo R. Rezende disse...

Eu li o texto rindo.
Que gostoso e que ritmo.
Você é intensa, adoro isso.

"Não vou te poupar da minha alma, que oferece todos os perigos".
Até twittei, poesia demais, sô!

Beijo.

Tuca Zamagna disse...

Eu encaro!

Só não garanto encarar sem piscar, porque é praticamente impossivel encarar uma mulher bonita sem dar ao menos uma piscadinha sedutora...

Ainda mais quando se trata de uma mulher que de repente é capaz de sacar isto da nécessaire da alma:

"Tenho fobia urgente de coisas que fazem sentido."

Xô, tentação!

Beijos

Fernando Santos (Chana) disse...

Olá, belo texto...Espectacular....
Cumprimentos

Márcio Kindermann disse...

O que esperar mais de uma aquariana, além dessa vida toda!
Emoção, iras e Ira a girar poetisando, ganhando o amor a amizade, a vontade de ficar(*)!
Bj meu

(*) Quero ficar no seu corpo, feito tatuagem........

Machado de Carlos disse...

Amor

Hoje não perguntamos mais:
-Está tudo bem com Você?
O Amor existe?
Por que não usamos os meios de comunicação?
Você está sofrendo?
Você existe?
Se o amor é o clima do Universo, por que não o praticamos?
Sentimos falta uns dos outros?
O amor, por acaso é proibido?
Alguém nos proíbe de amar?
É possível isso?
- Quanto tempo ficou fora?
O amor.
A poesia de certo poeta está fora de forma.
Parece que a reciprocidade corresponde às expectativas.
Mas a vida prega as suas peças, não é?
De repente vêem-se todos os sonhos se dissipando, e, temos que encarar a realidade.
A realidade de um amor.
De um sonho.
De uma poesia.
Devemos entender (é forçoso dizer isso,) que morremos e vivemos muitas vezes numa mesma existência.

Grande Beijo!