INSPIRAÇÕES DO POETA

23 de set de 2010

Bonito e Azul




Ele é bonito e tem um jeito bonito, distante. Eu gosto de pensar que ele é bonito e que tem um desejo pacífico de me deixar ser, assim, de uma forma qualquer que gosto e que ele gosta, porque não é Ana ou Lúcia. Sou eu! A bruxa, a menina, a escafandrista, a louca, a senhora, a fada, as mulheres que fui, desde muito antes dele, as que serão agora e depois. Ele gosta, no mais íntimo, no mais inexplicável do gostar.
Sem promessas, nosso presente vá existindo naturalmente, como crianças que recebem outras, na ciranda de roda, e de mãos dadas continuam a girar. Nada é mais indefectível, que aquele momento, do girar. Nada é mais inteiro que dar as mãos e ser feliz, com essa memória infantil de giz. Toda uma vida se escreve a cada minuto.
Gosto de pensar nele, porque é bom. Toda coisa boa tem frescor e nada é mais arejado do que pensar nele! É ver entrar a brisa pela janela trazendo azul, de todos os azuis, que tem cheiro dos trópicos, nas manhãs suspensas, suaves, que a gente pensa que nunca vai ser escuridão.
Aí penso com os olhos e o vejo passar a mão em meus cabelos e ri, porque errei na cor da tinta e eles ficaram lilás, mas ele diz que adora lilás e que eu combino com todas as cores. Devolvo-lhe o sorriso e esse é o nosso ritual do gostar confesso.
Acho que nos amamos e nunca precisamos um do outro, só nos amamos. Simples, como chuva que cai na janela, porque há beleza nessa paisagem e é comovente a entrega dos que não se precisam. A existência de cada um é que se faz imprescindível, qualquer detalhe é só mais um milagre.
Gosto de pensar que ele existe. Bonito e azul.

16 comentários:

Jacson Faller disse...

Post lindo, Ira... (e com endereço certo).Boa sexta, Ira... Um beijo.

Jacson Faller disse...

Sou exatamente igual a você: Único. E ainda não-catalogado...

Carolina disse...

Oi Ira!

Oh! "Simples, como chuva que cai na janela" wauww! É uma história bonita, uma expressão do desejo ... mas acho que o príncipe azul ... fade! jajaja!

Beijos, niña!

Sil.. disse...

Gosto de pensar que ele existe.


(Tbm gosto).

Amigaaaa, to acreditando em principes!!!!! D)

Beijooooo lindona, eu tbm amooo as sextas feiras.
Dá um gásssss hehehe!!!

José Carlos Brandão disse...

Quem somos? A infância é feita de giz. E a maturidade? O giz é frágil...
Beijo.

Ulisses Barreto disse...

perfeito, adorei memória de giz..

Marcelo R. Rezende disse...

Não sei classificar o que mais me agrada: se o ritmo ou a delicadeza de cada palavra. Sabe quando se monta um quebra-cabeça e cada pequena peça é parte necessária? Pois bem, seu texto de hoje é assim.

Amo o que você escreve, porque você escreve o que ama (soou clichê, mas acho que deu um efeito legal, rs).

Beijo, Ira!

Antonio José Rodrigues disse...

A "memória de giz", Ira, pode ser apagada pela "chuva que cai na janela". Portanto, afaste-se dela e continue com o seu sonho azul. Ele pode ser materializado: vc é o que pensa! Beijos azuis.

so sad disse...

amar é simples sim, a gente é que complica tudo!
beijo!!

- disse...

massa!

Naty e Carlos disse...

O amor nasce de um beijo, cresce de um sorriso, alimenta-se de um carinho e ressuscita de um perdão."
Uma boa semana
Bjs com carinho

Márcio Kindermann disse...

Um sonho bonito e azul.
O amor que não é sonho, é concreto, é real... tem todas as cores, sem precisar de urgencias, como calmaria navega no mar azul, talvez no sul... de algum lugar, onde tudo que se precisa é a certeza da existencia do amor...amar.
Bj meu
mk

Jorge Pimenta disse...

e ele existe. entre o detalhe e o milagre, as pétalas que lhe contornam os lábios estão vivas, como as rosas que oscilam, titubeantes, mas sem cair, no cano de uma espingarda.
um beijinho!
estou a regressar aos poucos :)
obrigado pelo carinho nesta minha quase ausência:)!

Érica disse...

Oi, oi, oi, oi, oooooooooi!

ah! tô rindo sozinha aqui, vc me fez pensar num bocado de coisas sobre um olhar que eu conheço por aí rsrs
é mesmo tão bom quando tudo vai simplesmente... existindo.

amei!

bjoK

Lua Nova disse...

"... é comovente a entrega dos que não se precisam..." é isso, é leve, é brisa, é escolha, é bom.
Qualquer detalhe é só mais um milagre...
Gosto do que vc escreve, gosto de como vc diz com tanta clareza o que eu mal consigo pensar, mas é o que sinto também...
Gosto de vc, Ira.
Beijokas.

Juliana Carla disse...

Ira,

Percebe-se a entrega sem gesso. Exigir desgasta.

Bjuxxx e xerooo amiga.