INSPIRAÇÕES DO POETA

6 de mai de 2011

Altos e Baixos





Alta madrugada em todos os baixos do Rio
Bocas metem-se!
Em álcool, fumo e genitais
Todos procurando desesperadamente seus sanatórios
E com dose a mais travestir-se de maluco torna-se tão fácil
Quanto pisar num ouriço
Gente atravessando uns aos outros,
Mas sempre há um sacana que atropela
E outro que é atropelado.
As mesas cambaleantes sustentam cabeças e porres,
Gente torta que bebe pra esquecer!
Gente estúpida que bebe pra lembrar!
E todos caminhando pro túmulo, euforicamente melancólicos,
Sem saber quando e por quê.
Os banheiros estão cheios de merdas cagadas,
Em pó, em lata e da própria bosta
E na privada essa raça humana que fede e empesteia
Tenta aos vômitos achar alguma dignidade
Esvaindo-se num otimismo sujo.
De saco cheio, garçons só pensam em gorjetas
E em explodir cada mesa de misérias.
Sonham em libertar as mariposas dos pescoços
E assassinar chatos
Todos os chatos rumina-dores de estranhezas da lógica,
Como se a coerência fosse de grande importância
Todos catando moedas e idéias filosóficas,
De como arrumar alguém pra trepar
Antes que o dia amanheça sem gozo
Sempre uma conta cara!
De certo modo, todos buscam um ideal de amor,
Na verdade, mais ideal do que amor.
E é aí que as frustrações lotam os consultórios
E os bares abastecem seus freezeres.
Ninguém quer uma vida ao lado de quem morre,
De quem tem medo e sordidez, e intestino,
Mas todos nós somos dotados de repugnâncias.
Acontece que os deuses não se misturam
E vivem nos altares provocando ilusões.
Olhei meu pulso, quatro e vinte dois, hora de doido!
Tudo vazio, o copo, as cadeiras e meu olhar,
Naturalmente, o texto ainda estava por acabar,
Ainda havia uma inspiração franca, mas foda-se!
Eu, a última chata, a recolher todos os nossos lixos
Pedi a conta e saí correndo,
Antes que o garçom me aniquilasse.

34 comentários:

Janaína de Souza Roberto disse...

Que delícia ter o prazer de ler um texto verdadeiro e franco como o seu, Ira.
“De certo modo, todos buscam um ideal de amor,
Na verdade, mais ideal do que amor.”
Concordo com você. Parabéns pela postagem, me fez refletir sobre milhões de conceitos...
Um beijo e sucesso!

Assis Freitas disse...

no burburinho da noite até as palavras se agitam frenéticas


beijo

Sandra disse...

Forte, verdadeiro, a realidade a nu! Porque a vida não é só o lado colorido , o amor, o voar em sonhos. A vida tem miséria , lixo e podridão. Gostei muito.
Arrasaste!
Beijo grande

Antonio José Rodrigues disse...

São nossas insanidades urbanas, Ira. Nosso desespero simetricamente refletido no espelho de cerveja do copo; nossa solidão escorrendo pelo canto dos olhos enquanto o cérebro matuta a lógica putrefata do ser humano (tubo torpe de digerir alimento). Beijos

Jorge Pimenta disse...

ira, querida amiga,
em todas as bandeiras se inscrevem todos os exércitos com as suas vitórias e derrotas. e que mão ousará não a empunhar mesmo sabendo dos baixios que atolam o mais fino dos cascos navegáveis?
procissão antropológica, esta, onde a sordidez ejacula na mais bela tela poética. à boa maneira de um insbstituível t.s. eliot.
do mais in.tenso que li nos últimos tempos, este esfoliante do ser, este auto-de-fé da sordidez que se nos cola à sola da alma como a merda na sola do sapato.
na mouche!
beijos beijos beijos!
p.s. a ilustração é um espanto!

Lucas Nícolas™ disse...

Tenho esses momentos em relação a sociedade, suas vaidades, suas ganâncias... Mas o modo que tu se expressou foi muito bom! Gostou muito de ler, e me ajudou como sempre a libertar os meus "Demônios" da poesia com mais criatividade. Obrigado Ira!

A.S. disse...

Ira,


Adoro a nudez das palavras
despidas de preconceitos.
Exactas e incisivas,
contundentes como uma caricia em fúria,
mas delicadas nos contornos
como quem afaga um corpo de mulher...


Beijos, querida!
AL

Vitalina de Assis disse...

Hola amiga!

Nossa vida é uma procura sem fim, quando encontramos, partimos em outra busca.

Parabéns pelo blog.

► JOTA ENE ◄ disse...

ººº
Sempre a sua bela poesia, como é peculiar na sua pessoa.

Um beijão do seu (a)tipico iconoclasta preferido, rs

meus instantes e momentos disse...

no meu blog privado "Meus Rascunhos" escrevi alguma coisa bem parecida com isso.
É sempre bom ler voce.
Maurizio
* um(S) chopp bem gelado em todas as cadeiras vazias em qualquer pé sujo ou limpo da Bernadotte e de todo baixo Leblon. E por compainha alguma coisa de "comer". (pensamento depois do 6° chopp.)

Sonhadora disse...

Minha querida

Um sorriso na boca e na alma uma noite sem fim nos corpos entardecidos.
Como sempre saio daqui cheia de palavras fortes e verdadeiras, como é costume em ti...bebes a vida profundamente e entornas a alma nas palavras.

Beijinho com carinho
Sonhadora

Carol disse...

As lacunas existem,
as drogas entram.

Enfim...
beijo grande e bom fim de semana!

Cristiane disse...

Muito bom, Ira...As noites são sempre iguais! Bjks. Voltarei mais vezes.

C. disse...

Visceral é pouco, você estrebuchou a alma em verdades nesse texto. Bom, bom!!

Vou ficando, beijo

Analuz disse...

Sem net em casa... volto com mais tempo para comentar... Beijinho e belo fim de semana, Ira brilhante!

Liberdade. disse...

Olá Querida!

Lindas verdades!
"Melhor uma dura verdade do que uma doce mentira"
Texto maravilhoso, sem a tal de hipocrisia camuflada!

um beijo!

Jasanf disse...

Adorei este eu-lírico transvestido metamórficamente com suas genitais avista. Bom final de semana, amada!
Bjs,
Jasanf.

carmen silvia presotto disse...

De bar em bar, de noite em noite, há momento em que apagamos as estrelas e deixamos na noite o dia carregado de tristeza, de dor, de solidão e injustiças... em teus escritos as palavras são reais sempre.

Um beijo, Ira Querida, feliz dia das mães e um ótimo final de semana.

Carmen.

♪ Sil disse...

E assim, a gente bebe os goles da vida, com suas noites, dias, sóis e sombras.


Ira, amada!

Não poderia deixar de passar aqui desde já e te deixar um abraçãoooooo pelo dia das mães.
Mesmo todo dia ser o nosso dia, e mesmo sendo um imenso comércio, eu vim te parabenizar pela mãe maravilhosa que tu és.

Um beijo, minha amiga que é LUZ!

Simone Martins2 disse...

Nossa! Vim indicada pela Marcia e amei teu blog., forte, sincero e verdadeiro, mostra a realidade nua e crua...mostra a verdadeira face do ser humano, que ja nao e tao ser humano assim...falta-lhe dignidade, carater e para os mais fracos, hombridade e respeito...enfim, estou a te seguir e nao sairei mais daqui, teras que me engolir ok? Bjinhos noturnos e sedentos de novos textos fortes e expressivos..Fui!

Malu disse...

Ira, está lá seu texto belo e maravilhoso em minha Sala.
Beijinhosssssssss

valquiria calado disse...

"Ser Mãe é assumir de Deus o dom da criação, da doação e do amor incondicional. Ser mãe é encarnar a divindade na Terra".
(Barbosa Filho)
..........{\......._MÃE_....., ...AMOR
.........{*.\.....(*~*~*).../} ...MAMÃE
........{.~.*\....////^^\../~}...UM ANJO
........{*....\..(((/.6.6./.*}...PARA TE
........{..*.~.\.)))c..=.)*..}...PROTEGER...
.........{*...*.////'_/~`.~.} ...TRÁS NO PEITO
..........{~.*.((((.`.`\.*}' ...UM COLO
...........`{.~.)))`\.\))_.-:<*> ...O SEU ACOLHER
..............`{.(()..`\_.-'`.`:'...NO CORAÇÃO
................`)/.`..|...MUITO AMOR.
.................(....\' \...TE AMAR
..................\....\.\...É COMO VOAR
............_ .__\...| /...DEUS MERECER
............|` `'...``Y;...UM ANJO BONDOSO
............|./``-../...QUE FAZ TUDO AMOR.
............`'......|./ ...MÃE, ESTRELA
.................../.`-....NO OLHAR
...................`----...E SEMPRE VAI ESTAR LÁ, MESMO DEPOIS QUE PRO CÉU VOAR. MÃE, AQUELA QUE NOS ENSINA A AMAR.


SE VOCÊ É MÃE, ABRAÇO, SE TEM UMA ABRACE, SE...DE QUALQUER FORMA, MEU ABRAÇO.
>>>>>>>>>>>>Feliz dia da Mamãe<<<<<<<<<<<<<<

Evanir disse...

Minha mãe E sua Mãe
Que ao dar a benção da vida, entregou a sua...
Que ao lutar por seus filhos, esqueceu-se de si mesma...
Que ao desejar o sucesso deles, abandonou seus anseios...
Que ao vibrar com suas vitórias, esqueceu seu próprio mérito...
Que ao receber injustiças, respondeu com seu amor...
E que, ao relembrar o passado, só tem um pedido:
DEUS, PROTEJA MEUS FILHOS, POR TODA A VIDA!
Para você mãe, um mais que merecido:
Feliz Dia das Mães!
Você merece!!!
Meu abraço meu carinho para você
amada amiga.
Feliz Dia Das Mães.
beijos e beijos com infinita
ternura,Evanir.
www.aviagem1.blogspot.com

Nosso Dia Das Mães..Brasil

Zil Mar disse...

Oi Ira....

seu texto é tão real...que lendo visualizo todas as cenas descritas...

genial demais!!!!

Desejo um FELIZ DIA DAS MÃES!!!!

meu carinho...pessoa que eu admiro!

Zil

Phivos Nicolaides disse...

Eu desejo um final de semana maravilhoso, repleto de felicidade, de coisas deliciosas de alegria e de muita paz.

Daniel disse...

Ira seus textos são sempre tão avassaladores que na maioria das vezes eu fico imaginando as cenas. Por mais belas que não sejam, são dotadas de um realismo ideal, e sim, as pessoas buscam mais ideal do que amor e os consultórios lotam porque as explicações são exigidas pelas mentes. Um garçom, um assassinato, sempre digo isso rs. Seu texto é sempre fabuloso assim como a sua pessoa, dotada de uma inteligência inigualável tão freneticamente dose e letal.

Dan

Fred Caju disse...

Conforme a melhor exclamação da minha terrinha: Puta que pariu!

Se me colocarem um Fernando Pessoa ao lado, continuaria ao lado. Suas palavras foram incríveis! Reli e reli cada vez mais emocionado.

Machado de Carlos disse...

(Comentário no blog: - http://indicandonovidade.blogspot.com/)

A Ira, uma grande Simpatia, cujo carisma enriquece o nosso coração. Ao visualizar o seu semblante sentimos as energias que ela nos transmite. Não há males e sim ruídos do bem-querer dos seus belos poemas.
Parabéns pela escolha!
Beijos!

Magia da Inês disse...

°º♥ ·.Amiga!
♥ É a divina comédia humana!

♥ Bom domingo!
Feliz Dia das Mães!!!

Beijinhos.
Minas

°º♫
°º✿
º° ✿♥ ♫° ·.

F. Otavio M. Silva disse...

Mudança! Em você e no Blog, não é Ira, adorei seu novo visual, ficou linda. E no texto eu percebi uma forte característica boêmia, gostei muito mesmo não sendo tão fã desata corrente. Forte Abraço.

Brasil Desnudo disse...

Oi, minha querida Amiga Ira!

Que hoje, você seja abençoada, não só pelo seu dia, mas por ser o és, uma pessoa maravilhosa, querida e Amiga..

Um dias das mães maravilhoso pra ti e, um dia da vovó também...

Bjs no coração

Marcio RJ

J. Guimarães disse...

Eita!

Dá pra lembrar da Glória, do atete e da Vila Isabel, quando estive por aí.

Seu poema relata tudo o que a moçada faz.

Eta porre danada!

É isso.

Dilmar Gomes disse...

Querida amiga Ira, Lendo este poema forte, lembrei-me de Ginsberg e do seu poema o uivo, lembrei-me também de alguns textos de Sarte, enfim, isso vem corroborar aquilo que já falei a teu respeito: tu és uma grande escritora. Um grande abraço e feliz dia das mães. Te desejo uma ótima semana. Fique com Deus.

Chico Mário Feitosa disse...

Que retrato mais doido do ser humano, não é? Acho que o que o "salva" é o poder de apre(e)nder (?) as coisas com o fracasso, seja qual ele for. Bocas, paus e bocetas têm sido mais um cio da carne (quanto cio!) do que instrumentos de plena satisfação.
É o que acho!
abcs.