INSPIRAÇÕES DO POETA

19 de mai de 2011

Um Bolero De Pequenos Passos




Gusta, me gusta teu sabor, paladar caribenho,
Um bailado pra dois nesse inverno calhiente.
Chama-me a dançar tuas amorosidades,
Pois meus flancos ensaiam passos de boleros.
Me pega sem licença a rodopiar no salão,
Como a dama de lilás que ama o vermelho.
Esta noite haverá remos no barco ansioso
E a rota é a falta de pudor de sermos náufragos.
Ensina-me a morrer, que te dou vida!
Quero tua boca de mui besos, carnuda poupa
Gusta, degusta mi piel com teus olhos Gael,
De menino crescendo em mim, dentro!
Serei teu princípio, sem fim,
Como o mar.

26 comentários:

ღPat.ღ disse...

Falou em dança, amor e mar... é um chamamento PERFEITO para a poesia!

Teu texto pode ser degustado pelos olhos de tão lindo!

Amiga, saudades imensa... e este teu layout está MARAVILHOSO! És bela demais e tens um olhar iluminado. Amei a tatoo.. hehe Tudo de bom para si.

Beijão

Lily disse...

Ira,

Nunca fui ao Caribe, mas, lendo teu poema, me vi saindo de lá... e muito bem acompanhada.

Beijos,

Suzana/LILY

Dilmar Gomes disse...

Amiga Ira, estou passando por aqui para apreciar tua arte.
Deixo o meu abraço.
Tenha um bom dia.

helio.rocca disse...

Sem dúvida alguma, fizestes mais que um poema, fizestes uma pérola. Aplaudo-te de pé amiga. P A R A B É N S ! ! !

| A.Luiz.D | disse...

Às vezes paro e penso, o que me dá umpulso. Será um laço entre pernas, um convite ao gosto, ou um calor sutil na ponta dos dedos aguardando um brinde gelado.
Só sei que, de corpo aberto os bosques inabitados me aguardam quando alcanço sua música nesse inverno. Sinto que meu coração tem mania de temperatura.

Bjos..sabores y mordazas

Sandra disse...

Um poema com música!
Bailemos.
Beijo querida

Iram M. disse...

Vc é poderosa heim, minha amiga?
Sabe quando vou deixar de passar aqui pra te visitar? Nunca!

Beijos

Analuz disse...

Corpos e intenções em dança que desbrava os (a)mares... Adorei o espetáculo!

Beijinho encantado, Ira brilhante!

► JOTA ENE ◄ disse...

ººº
Gostei da poesia ... como sempre!

Beijinho do Jota

carmen silvia presotto disse...

Eta bolero bom este, e amei o hibridismo nos teus versos, misturas a linguagem para mostrar o dom do amor.

Um beijo, Ira.

Carmen

Zélia Cunha disse...

Ira,boa tarde! Tua poesia me encantou,me envolveu pela música senti-me a bailar.ela é envolvente e deveras calhiente.Parabéns pelos poemas e teu blog.
Beijos
Zelia

Antonio José Rodrigues disse...

Naufraguemos, então, na melodia, ou melhor, no embalo voluptuoso. Beijos

Marcelo R. Rezende disse...

O retrato dum amor quente nesse frio.
Ai que delícia, tempos que não venho aqui e quando venho, me deparo com isso.

Saudades tuas, Ira.

Beijo.

Assis Freitas disse...

ai, ai, ai, que belo bailar arriba,


beijo

Brasil Desnudo disse...

Oi, minha querida Ira!

Achei ótimo seu comentário lá no Desnudo, bem sincero e direto..rsrsr
Desculpe Ira, por não ter vindo antes, mas ontem, mesmo programando tudo no retorno ao Rio da viagem que fiz a trabalho, as cosias não deu muito certo não... Aeroportos uma bagunça, e transito idem...
Mas deu tudo certo, pois consegui ainda sair com meus lindinhos, onde um deles fez 10 aninhos ontem, e ainda deu pra aprontar todas e curtí-los muito...

Marcantes aspassagens do seu post, onde ele esmiuça o desejo forte do Amar " Ensina-me a morrer, que te dou vida!. O que não somos capazes de fazer, por um grande Amor!?

Lindo texto minha querida poeta...

Bjs em seu coração e, um lindo e maravilhoso dia pra ti.

Marcio RJ

Jorge Pimenta disse...

nenhum homem que assina o nome com as letras do mar ousaria naufragar na pista de dança; antes se agita, torce e contorce, revolve e cresce numa onda de desejo que faz rebentá-lo em maré maior. há sempre tanto de marinheiro naquele que dá vida por não saber a morte.
admirável, como sempre, querida amiga ira!

Liberdade. disse...

Olá querida!

bailei no teu poema,
deixe-me seduzir pelas
letras deste post tão maravilho!
um abração querida poeta!

Márcio Kindermann disse...

Cara, não sei, só sei que amo quando tu amas e se traduz em poemas...
bj meu...
lindo... tudo prá vc.
mk

Sonhadora disse...

Minha querida

Diante da tua força e beleza a escrever...até eu me sinto inspirada, e como me deixaste sem palavras perante as tuas...deixo um rascunho:

Um breve instante de desejos profanos... de toques insanos...deixa-me meu amor ser louca...ser boca...ser Paraíso e Inferno...amor eterno...ser loba...ser lua...ser cio...verso e reverso...anjo e demónio...veneno de amor...deixa-me meu amor ser pele...ser tua.

Deixo-te o meu beijinho carinhoso e a minha eterna admiração.

Sonhadora

♪ Sil disse...

Ira = Metade adorada de mim!

Em ritmo caribenho, mexicano, africano, americano, em qualquer ritmo você faz poesia.

Ahhh, você é incrivel!

Um beijoooooooooo

(Hoje em especial com dor, mas faz parte. Nada tira o sorriso do meu rosto, mesmo que doa. Mas o melhor de TUDO é te saber BEM. )

Adoroooooooooooooooooo-te!

Patrícia Pinna disse...

Bom dia,achei muito lindo o seu blog.Inspirador.Escrito bem demais.
Tem alma pulsando nos versos.Caso queira fazer uma visita e postar um comentário sincero no meu blog, ficarei muito feliz.Ele chama-se:redescobrindoaalma.Beijo grande e em excelente fim de semana.
Quero dizer que o meu blog ainda é um bebê, pois nasceu não tem nem um mês.Fique com Deus.

Malu disse...

Que belo bailado minha amiga!
Cheio de sensualidade, mas ao mesmo tempo carregado de AMOR... Beijinhos

Zélia Cunha disse...

Ira, obrigada pela visita e o carinho.Tenha um ótimo final de semana.
Beijinho
Zelia

Érica disse...

Meu! como eu pude perder essa transformação! TU ta lindaaaassa!
Td bem Ira? Que saudade!
olha, enquanto te desejo um fim de semana maaaara, como vc é... vou me atualizando dos teus textos, pq pelo jeito nesse meu momento "off" não foi só o seu corte de cabelo que eu perdi rsrsr

bjãO da sua adotada ;)

Poeta del Cielo disse...

Ira Amiga como es belo respirar o sentir das letras que nos deixas en elas un sentimento de amor puro livre cargado de sentimentos belos... parabems sempre amiga....

saludos
Otima final de semana
abracos

La sonrisa de Hiperión disse...

Estupendo, como siempre...

Saludos y un abrazo.