INSPIRAÇÕES DO POETA

9 de fev de 2012

Vôo Acrobático para Poemas de Rapina


Olho harpia
Via de abatimento
Cai nas unhas do pensamento
Caça disfarçada
Come e mata
Mastigação!
Ela, cínica inclinada
Ele, ave envenenada
Canalhalização!
No luxo do vôo
Há um que de diabo
Bico em gabo
Deseja o traiçoeiro
Ah, bichos gandaieiros,
Onde esconderam os versos das penas?
O desejo acena:
Na demência! Na demência!
Existe um mar de mestrias
Que muito sacia
O bico de cada pena
Depois, vidência.

23 comentários:

Marcia disse...

Minha querida versos alados estes teus rs!!Um bjo linda!!

Joelma B. disse...

voz de rapina rasgando a pele, Ira brilhante... capturou meu fôlego! Que intenso!

Adorei esse título!

Beijinho ofegante!

Marcelo R. Rezende disse...

Sou louco de demências, louco.

Assis Freitas disse...

o título é um primor de elevação e o poema plaina em agudos,


beijo

Dilmar Gomes disse...

Vim aqui voar nos teus versos.
Um abração. Tenhas uma linda noite.

Américo do Sul disse...

Caracas!!!! Como tdo isso é bom! Voei contigo. Mastiguei cada linha. Sem pena do bico, mergulhei...

Andrea de Godoy Neto disse...

o título já enche os olhos...

e o poema é afiadíssimo! voo em asas largas...

beijão pra ti, Ira, querida!

Érica disse...

Olha Ira, seus versos são sempre ó-ti-mos... mas vou comentar de outra coisa que mais me chamou a atenção: MAS ESSE BLOG TÁ SOLAR HEIN?! GRAÇAS A DEUS! rsrsrs

lindOna!ótimo fim de semana pra vc!

bjos
sua adotada ;)

Audrey Andrade disse...

Cheguei aqui por acaso e peço permissão para ficar.
Seus poemas são fantásticos!!! Sigo-te!

Meu carinho!
http://pequenocaminho.blogspot.com

LauraAlberto disse...

...o jogo dos sexos...

Beijinho
LauraAlberto

Maria Alice Cerqueira disse...

Boa tarde amiga,
Venho lhe desejar um lindo fim de semana coberta de muita paz e amor!
Sua presença é muito importante em meu cantinho, por esta razão veio lhe agradecer o seu carinho de sua amável visita sempre.
Assim que poder acesse o link
http://www.mariaalicecerqueira.com/2012/01/degustacao-do-livro-vida-nossa-de-cada.html
e leia a degustação do meu próximo livro! Vida nossa de cada dia!
Obrigada de todo o coração!
Abraço amigo
Maria Alice

Marcia disse...

Vim te convidar para meu novo projeto ,em que a amizade
é o mais importante!Por isso espero por você lá!
http://amizademarcia.blogspot.com/

Sonhadora disse...

Minha querida

Como sempre ler-te é uma viagem alucinante entre chegadas e partidas entre o ser e o estar.

Deixo um beijinho com carinho
Sonhadora

Sahara Higino disse...

Canalhalização;
Gosto desse enredo.

Estou a segui-la;
Espetacular!

Jorge Pimenta disse...

poemas de rapina:
nos jogos de pele, quantas vezes o ácido se faz mel e a demência a única porta aberta para o interior das coisas?

como sempre, minha amiga, há tanto de meu na tua escrita. incondicionalmente fã.

beijo, agradecendo as palavras sempre tão especiais com que me distingues. neste caso, a propósito da entrevista no roxo violeta (conseguiste mesmo ler até ao fim? :))

beijo renovado!

Fred Caju disse...

Gosto muito quando você põe versos rápidos.

► JOTA ENE ◄ disse...

ººº
Óh mocinha, tu tens muito potencial, eheh

Beijo(ta)

A VIDA É UM ETERNO APRENDIZADO disse...

Olá!
É um grande prazer conhecer seu blog e poder ler o que escreves.
Acredito que quando escrevemos com prazer conquistamos amigos e fiéis amantes das palavras. Sabemos o quanto é difícil levar a nossa voz, as nossas angustias os nossos sonhos às pessoas. Mas o mais importante é saber que você e eu gostamos daquilo que fazemos.E acreditamos que o mundo pode se tornar bem melhor através de nossos escritos.
Grande abraço
Se cuida

Nilson Barcelli disse...

O desejo animal existe mesmo...
Excelente poema, gostei imenso.
Ira, querida amiga, tem um bom domingo e uma boa semana.
Beijo.

bondearte disse...

O texto é incrivel,as palavras são certeiras como flexas que cortam o espaço em direção ao alvo!
Congratulações
Bom domingo

Celso Mendes disse...

um poema de rapina é assim: não perde o bote, certeiro, na visão privilegiada do(a) poeta.

perfeito. prazer te ler.

beijo.

Carolina disse...

Todo mi amor, en o dia de San Valentin, para voce, querida Ira.

F. Otavio M. Silva disse...

Como você consegue encontrar uma imagem que se encaixe tão bem no poema? E aliás, muito bom, "Canalhalização", RSrs, perfeito.