INSPIRAÇÕES DO POETA

23 de ago de 2012

O Ovo que Colombo não Viu






O menino é curioso
Ousou espiar
Querer
Bolinar

A dona é cobra
Manobra o olho
Do menino
Zarolho

O menino é teimoso
Pulou muro
Furtivo
E de pau duro

A dona concedeu
Comeu sem dó
O pinto
E saiu do caritó


Moral da história:
- mais vale um pinto vivo na mão, do que uma galinha morta!

14 comentários:

Assis Freitas disse...

a moral da história é exemplar, exemplar



beijo

Marcia disse...

Certamente minha amiga rs,beijos sempre linda!

Cissa Romeu disse...

Ira, linda aquariana!
Divino!

Se alguém tem dúvida de quem veio antes, se foi ovo ou a galinha... creio que dá para responder, simplesmente: os dois se completam.:)

Muito bom, Ira. Irônico, inteligente.

Beijos em ti e na Valetina, mimosa!

Marcelo R. Rezende disse...

Divertidíssimo.

Beijo, Ira!

Joelma B. disse...

que conveniente aos dois!

:D

Beijinho, amiga brilhante!

Érica Amorim disse...

Ira,
E o que tem de galinha morta por aí! rsrsr

Ótimo, divertido e verdadeiro!

bjãO

David C. disse...

Muy bonito el poema.
Saludos
David

AC Rangel disse...

Quanto à dúvida levantada sobre quem nasceu primeiro, ovo ou galinha, é preciso lembrar que a culpa, com certeza, foi do pinto...

Sou uma bruxinha do bem!! disse...

Olá lindo blog parabéns bjs.

LauraAlberto disse...

em circulo

beijo

Expedito Gonçalves Dias disse...

Divertido e sensual.
Fazia tempo que não vinha por aqui e vi que anda afastada. Volte logo! Abraços!

Marco Rocca disse...

Putz! Fez lembrar-me os tempos de menino...

Élinson Martins o-taberneiro.blogspot.com.br disse...

é muito bom passar por aqui!
textos marcantes e bem feitos, fotos escolhidas a dedo!

Rob Novak disse...

A curiosidade aviva! :)
Bjo